Que História é essa de Criar Jogos?

Roberto Tostes

Como escritor tenho aprendido muito na criação de um jogo de tabuleiro.
 
Sempre acreditei que criadores podem e devem buscar novos caminhos. A internet e as redes sociais permitem uma comunicação mais rápida entre as pessoas e mais espaços de expressão.
 
A tecnologia possibilita projetos que usem histórias com novos formatos e recursos, usando mídias variadas e se aproximando mais do público, com mais interação e diálogo.
Nunca foi tão fácil criar. Ninguém precisa de intermediários para produzir, editar e publicar. Só o que não muda é a relação autor/produtor e leitor/espectador.
 
Ainda é complicado mostrar suas ideias, ganhar espaço e visibilidade. Mas a paixão de fazer continua e mobiliza muita gente. Só isso explica o tempo que tenho dedicado ao desenvolvimento de um jogo de tabuleiro, tentando torná-lo real.
 
É um trabalho de longas pesquisas, de fazer e refazer, equilibrar vários fatores como criatividade, design, custo e forma. E neste caso é preciso mostrar a cara e conversar com seu público, sentir a reação dos jogadores durantes os playtestes e procurar encontrar a forma final.
 
É como uma história que precisa ser muito bem contada. Existe uma ideia, um enredo, um cenário e personagens que vão atuar de alguma forma. O interessante é que o criador de jogos depende de um universo autossuficiente. Ele deve existir sem a sua presença ou interferência, com jogadores tomando conta das cenas e ações.
 
Quanto mais imersivo e criativo um jogo, mais envolvimento provoca nos participantes, o que cria um cenário de interação forte e emocional. Algo parecido a quando você lê um livro com temas e tramas que sensibilizam e transformam pelas emoções e ideias.
 
Muitas histórias que foram criadas e permanecem até hoje foram elaboradas por muitas vozes e versões, sem um autor específico. Contos locais que se tornam universais, capazes de sensibilizar, emocionar, transformar.
 
O ato de criar é assim, poderoso. Uma boa história continuará sempre tendo impacto independente da mídia ou formato.
 
Vá em frente. Fazer é criar.
 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "525211" no campo ao lado.
 
  

 

Voltar
Site desenvolvido por metamorfose agência digital

DEPOIMENTOS

"Fiquei muito satisfeito com o conteúdo da Oficina. Minha experiência com escrita, agora vejo com maior clareza, era inteiramente prática ou intuitiva e, certamente, passível de ser substancialmente melhorada. Gostei muito da orientação obtida através da Oficina e, em particular, da tua avaliação do material dos desafios."

Décio Oliveira Elias,
Rio de Janeiro, RJ

mais depoimentos

 

Para Oficina de Criação Literária

 

 

 

curso desenvolvido pela